Ontem recebi um email de amigos perguntando:

“E por falar em saudade onde anda você

Onde andam seus olhos que a gente não vê...”


Eu vou dar a mesma resposta:

Estou pertinho do paraíso!!!

E não quero ficar desfrutando

de tudo isto aqui, sozinha!

Quero meus amigos por perto!

domingo, 5 de janeiro de 2014

ATENÇÃO:

O SÍTIO ALMA TROPICAL 

foi vendido!


terça-feira, 11 de outubro de 2011

As Oficinas de Mandala de Realização dos Sonhos


Antes de iniciar o vídeo dê PAUSA no Mp3 
que se encontra do lado direito.
 

Esta foi a primeira oficina!

Agora que aprendi a trabalhar 
no Windows Live Movie Maker
tudo ficou mais divertido!!!

E esta é a segunda oficina
Mandala da Realização dos Sonhos!
Vou ficando por aqui mas hoje de noite
farei o vídeo com as fotos da oficina 
deste fim de semana,
que por sinal foi ótimo!
Aguarde só mais um pouco!

sábado, 9 de julho de 2011

Floral linha.jpg

“Siga a sua alegria

e o Universo abrirá portas para você

onde antes só havia paredes.”

Joseph Campbell

Floral linha.jpg

Estão abertas as inscrições para a

SEGUNDA OFICINA

MANDALA DE REALIZAÇÃO DOS SONHOS

DSC01731.JPG

Dias: 06 e 07 de Agosto de 2011


Local: Sítio Alma Tropical (Chalé Cristal) – Tairú – Ilha de Itaparica

Investimento da oficina: R$ 100,00 já incluído a diária no Chalé Esmeralda.

(Este valor não inclui café da manhã)

Traga revistas velhas, um caderno, frutas para compartilhar e sua lista de desejos!

Lembre-se:

A Lei da Atração implica que qualquer coisa

está dentro de seu alcance e possibilidade!

O que está por trás desta Lei

é a energia e as vibrações de nossas emoções e sentimentos.

Você só precisa PERMITIR e agradecer.

"O que eu quero alcançar?".

Liste seus objetivos por escrito. Não importa quais tipos de objetivos você tenha em mente. Eles devem ser escritos.

“Se tu estás VERDADEIRAMENTE comprometido com tua meta,

o Universo inteiro conspira a teu favor para que apareçam

os instrumentos e pessoas, que te permitirão lográ-lo.”

Goethe

Caminho de flores 02.jpg

PROGRAMAÇÃO

SÁBADO:06/08/2011


De manhã – chegada ao Sítio Alma Tropical

De tarde - 15hs: CONFECÇÃO DA MANDALA

Entrega da apostila simplificada com informações sobre mandala e exercícios sobre a Lei da Atração.

* Apresentação e informações sobre mandala, cores, formas e bases numéricas.

* Exercício para identificar os desejos.

* Como criar as Afirmações do desejo.

* O que é o Campo Vibracional.

* Busca nas revistas por imagens dos objetivos

* Colagem, pintura e escrita


De noite - 21hs: Se o tempo permitir, faremos uma fogueirinha pra contar "causos".



DOMINGO: 07/08/2011


De manhã - 8hs - Café da manhã


09hs: Finalização da Mandala

Colagem, pintura e escrita

Confraternização

Veja como foi a primeira Oficina

http://almatropicalevento.blogspot.com/2011/06/primeiro-dia_13.html


Conheça o Sítio Alma Tropical:

http://www.sitioalmatropical.blogspot.com/


Inscrições: Por aqui ou pelo email do Sítio Alma Tropical

chales.a.beira.mar@gmail.com

” Se você pensa que pode ou sonha que pode, comece. Ousadia tem genialidade, poder e mágica. Ouse fazer e o poder lhe será dado”
(GOETHE)

sábado, 12 de março de 2011

Hoje foi dia de visita!!!


Olhem só quem veio nos visitar hoje...




Assim... sorrateira... feliz... espevitada!



Se misturou com os patos e gansos
e rolou um papinho esperto pois ela ficou
a tarde toooooda com eles!




Me deixou até fotografar!!!!



Há um tempo atrás havia uma no lago, mas bem menor que esta!!!


POis bem! Seja bem vinda, menina!


terça-feira, 8 de março de 2011

Carnaval da Paz!!!!



Foi um carnaval de muita paz, tranquilidade e, acredite, alegria!
Os hóspedes foram todos muito simpáticos, grupos de família de Jequié, de Salvador de São Paulo e até da Suécia!!!
As crianças se divertiram, os menorzinhos curtiram muito o contato com a natureza brincando de jogar comida aos peixes e patos, enfim! Foi muito bom, mesmo!


Já hoje fomos brindados com a presença de um passarinho (acho que era um cardeal) tentando beber água da piscina!
Graças a Deus estava com a câmera na mão!
Foi muito gostoso ver a falta de medo do bichinho!!!
Que bom!







Espero que tenha sido um ótimo carnaval pra todos os nossos amigos e nossos hóspedes que não puderam cá vir!
Semana Santa está chegando e eu aqui, esperando vcs!
Até lá!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

VERÃO CHEGANDO e É PRECISO COMBATER OS PERNILONGOS!!



SERVE PARA QUALQUER PERNILONGO, e MESMO O DA DENGUE, MOSQUITOS e INSETOS VOADORES:
Como matar mosquitos ecologicamente correto.

Para ajudar com a luta contínua contra os mosquitos da dengue e a dengue hemorrágica, uma idéia é trazê-los para uma armadilha que pode matar muitos deles.

O que nós precisamos, basicamente, é:
200 ml de água,
50 gramas de açúcar mascavo,
1 grama de levedura (fermento biológico de pão, encontra em qualquer supermercado ) e uma garrafa plástica de 2 litros

Como fazer:
1. Corte uma garrafa de plástico (tipo PET) ao meio. Guardar a parte do gargalo


2. Misture o açúcar mascavo com água quente. Deixe esfriar. Depois de frio despejar na metade de baixo da garrafa.


3. Acrescentar a Levedura . Não há necessidade de misturar. Ela criará dióxido de carbono.


4. Colocar a parte do funil, virada para baixo, dentro da outra metade da garrafa.


5. Enrolar a garrafa com algo preto, menos a parte de cima, e colocar em algum canto de sua casa.


Em duas semanas você vai ver a quantidade de pernilongos e mosquitos que morreu dentro da garrafa.


Além da limpeza de suas casas, locais de reprodução de pernilongos e mosquitos, podemos utilizar este método muito útil em: Escolas, Creches, Hospitais, sítios, chácaras, fazendas, floriculturas. etc.
Não se esqueça da Dengue nos próximos meses: este pernilongo pode matar uma pessoa!

DIVULGUE!



comentários:

Maria Luiza Silveira Teles disse...

Guidha:
Além de amar tudo que vc escreve e faz, sinto-a tão preocupada com seu próximo... Sem dúvida, vc é uma pessoa muito especial. Obrigada, irmã, e bjs,
Maria Luiza

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

NO TEMPLO DA PAZ!



Quando me olhei no espelho
Busquei a vida, busquei a mim.
Busquei verdades e certezas.
Me encontrei tão imperfeita...
Tão magoada... ferida, assim,




Apurei a vista... Duvidei!
De repente eu transpareci!
Foquei meu peito, no coração,
(Que batia tão lentamente),
E vi a PAZ que guardei ali.




Feito pomba rodopiando
Bem na frente de meu nariz,
Entre nuvens se misturava
Ás vezes branca, ás vezes azul,
Meu Deus! Como fiquei feliz!




Vejo uma ou vejo três?
Tão forte é sua energia
Resplandece em meu coração
(De alegria o deixando cheio)
Como há muito tempo não via!




Esta PAZ que tanto busco
E que me some volta e meia,
Percebi neste instantinho
Que trago, sem saber, aqui,
No sangue que corre na veia.


Guidha Cappelo 08 Fev 2011


Técnica: Assemblage
Tela, cordões, recortes de plásticos,
tachas, tachinhas e tachões.

Tela: 70x70cm
Investimento:

R$ 800,00 (2 vezes)
À vista 710,00


- Estava travada, como sempre... ainda não me acostumei! Desde o início do ano que danço nesta mandala... A parte interna foi fácil... gostava do desenho das pombas, mas e o resto???
Achar uma técnica que eu pudesse passar a sensação de céu, de nuvens sem passar pelo acadêmico, foi uma forma de me levar de volta a outros tempos em que me deliciava com a descoberta de artesanatos... Porque não?

Até aí tudo bem!!!! Mas e depois? Queria manter a linha medieval... huummm que tal voltar às cores primárias... pesquisei mais uma vez e nada enchia meu coração!

Ontem resolvi aproveitar a ausência de minha filha em casa e joguei um verde especial, dourado e BETUME por cima. A casa ficou empesteada com o cheiro.

Aí sim comecei a achar o caminho. fui tirando o excesso com um trapinho e um tubo de tinta carmim apareceu na minha frente! Pronto! Foi a dica! Como bem disse minha amiga Talia:

- O contraste do divino com o humano (o centro em harmonia com as extremidades e as bordas com o quadrado) foi combinação perfeita.

Sair da suavidade (expressas pelo azul e branco) para encontrar a força da vida (expressas pelo dourado, o vermelho e o verde) só me fez pensar numa paz que precisa ser concreta, que está tanto na singeleza das nuvens como no sangue que corre nas veias.